11 de nov de 2007

Fim de Festa

Na foto, sessão de autógrafos após a palestra sobre a Alfândega de Porto Alegre que proferi dia 08/11. Abraços para a Morgana, da Biblioteca Pública pelo convite, ao Miguel Duarte, do Instituto Histórico e Geográfico por instigar com seus questionamentos, ao Maurício Vianna, propagador da cultura e do turismo e aos demais que se fizeram presentes.Então tá, o grande Faraco, Destaque Literário 2007 e lá se foi mais uma Feira do Livro de Porto Alegre. Acaba assim. Tipo ressaca. Segunda-feira de cinzas. Cinza da Sepúlveda desnudada das barracas sendo desmontadas que verei da janela da Alfândega. Cinza da saudade que se inicia. Saudade de tantos rostos. Tantas frases. Tantas idéias. Todo ano é igual. E todo ano é diferente. A feira sempre cresce um pouco, assim como nossa fome por cultura, por conhecimento, entretenimento. Estamos bem abastecidos com os livros e o saldo será mais uma vez positivo. Tudo que eu quero dizer agora é que teremos mais a contar do que as melhores piadas do cafezinho, um segredo que todos já sabemos: ano que vem tem mais! Novas leituras. Novas amizades. Novos sonhos.

2 comentários:

wilson gorj disse...

Olá, Márcio.

Ir para o lançamento do Algibeiras?
Quem sabe, eu vá mesmo. Estou estudando essa possibilidade. Veremos...

Obrigado pela força.
Sucesso com os seus textos!

Forte abraço.

Anônimo disse...

Nos encontraremos em dezembro, junto com a Altair. Conto contigo. será que recebeste o mail?tudo bem com a Rafinha?
bj, vou me ausentar de POA na próxima semana.Vera Cardoni