7 de nov de 2007

Autografado o Histórias de Trabalho

Tava muito bacana a Sessão de Autógrafos do Histórias de Trabalho. Tanto pelo que foi, como pelas possibilidades. A colega e amiga Ana Mello, estava na mesa em frente, autografando o Poemas no Ônibus. Até o Tatata apareceu, deu umas piruetas entrevistivas e se foi. Valeu pelos presentes (recebidos) e pelas ausências de sempre. Pela Dinda, a Pri e a Kelly (e o gordo, que ficou em casa com o pé machucado, mandei abração). Pela Mara, primeiro autógrafo da noite, que me deixou um poema num guardanapo do Macdonald's sobre o conto publicado - este vocês não vão ler, é meu, hehehe. Amigos (conhecidos), a turminha do ALEPH - Verinha, Rodrigo, Dudu (digo, Eduardo) e tantos outros novos rostos que nos vimos pela primeira e quem sabe última vez (e de fato, ninguém sabe): a "Dona" Josefa; O Saulo Almeida (o homem do vinho que também deseja ser lido), a colega Luiza (com z), que passou o livro para a mesa assinar e teve a sorte de tê-lo de volta. A linda menina Jenifer (que talvez vire bailarina, escritora, ou personagem), a Helen (com N), o Itamar, o Jader, sim estavam lá, a Rosalia (Lia Cult), e eu que por apenas alguns segundos pude espiar para além do continuum vitae, sobre a premissa essencial de nossa existência: nós mesmos.

4 comentários:

Mara faturi disse...

Oi moço,

muito show o que vc escreveu sobre seu momento... e gracias, por lembrar meu nome,é uma honra.Eu olhei a lista do ano que vem, tive um poema selecionado, aí vamos trocar; eu espero vc ser o primeiro com o livrinho pra autografar, rs,rs...
grande abraço!

Márcio Ezequiel disse...

Blza, Mara! Com certeza estarei lá. Não na mesa, perdi o prazo para o concurso deste ano por 1 dia (supondo que seria contemplado, hehehe). Sim, eu deixo sempre para a última hora. É difícil largar o texto. Claro que sei que teve prorrogação, pois foi aí que me perdi. Enfim, parabéns pela conquista. E sigamos escrevendo que o tempo, o tempo não para.

Anônimo disse...

Obrigada Ezequiel e parabéns. A Rafinha gostou dos mimos? Nossa noitada esticou para o Ocidente, onde encontramos com a Lala e Eugênia. Fizes grandes contatos com o Altair Martins e o Fabrício, coisas muito boas e legais estão pintando por aqui. bjs.

PALAVRAS&POESIAS disse...

Que lindo Márcio!!! Obrigada por me citar. Foi divertido, agora que já passou quero mais.
Sucesso para nós!