28 de out de 2007

Lançamento e Sessão de Autógrafos


Ontem autografei o Livro A semente e o Verbo, organizado por Caio Riter e patrocinado pelo SINTRAJUFE/RS.

Na coletânea, autores consagrados como Sérgio Napp e Marô Barbieri. Participantes da oficina de Caio e vencedores do 3°Concurso Literário Mário Quintana promovido pela entidade.








Ao lado, instantâneo com o Organizador.- - - - - - ->




Nomes já frequentes na produção literária como Carla Laidens e Maurício Chemello, do Grupo Teia de Poesia; Pablo Moreno e Mara Faturi integram a Antologia, dentre outros, incluindo o Pirotécnico que vos ilumina aqui.

A sessão de autógrafos foi bem legal. Sem trocadilhos, tivemos a presença de Lehgau-Z Qarvalho (e obviamente me neguei a escrever o nome dele no livro, pra não errar, é claro, hehehe).

Saudação especial aos leitores Luís (com z), Luísa (também com z), Dona Marlene, personagem ficcional do conto publicado, que pediu para alguém pegar o autógrafo para ela - mais uma da série "Mais estranho que a ficção", hahahaha - e ao leitor mirim Jerônimo que solicitou que eu não me estendesse muito no autógrafo, o que tomei por um convite ao verbo. Abraço a todos.

5 comentários:

Mara faturi disse...

Oi moço,

adorei seu conto; "Matinê"; estávamos juntos na mesa, com a Semente e o Verbo.Parabéns pela sua produção e obrigadíssima por citar meu nome aí no seu blog.Aparecerei no HT, a capa (foto) vencedora é de um amigo e amo esse projeto.Tive a sorte de ser selecionada no HT/2004 com dois poemas e sempre prestigio os novos corajosos, rs,rs...para ano que vem, estou concorrendo com três poemas, vamos ver...
Vou lá pegar seu autógrafo "morou"?
bj

Márcio Ezequiel disse...

Valeu, Mara. Sigamos trabalhando. Hoje li e-mail do Charles Kiefer contando que faz trinta anos que autografou pela primeira vez na Feira do Livro. Escritor consagrado há anos, mas me fez pensar quão longa é a jornada do escritor como caroneiro por uma estrada de mão única com destino incerto. O certo é que não dá pra parar. Voltar? Sem chance!
Abraço e nos vemos dia 06.

Anônimo disse...

Parabéns Ezequiel. Tô dizendo que vai faltar rojão no mercado! Que legal saber que o queridíssimo Caio está nessa, temos muito passado em comum, um passado lindo... Ah te sugiro, já que tu és mais preparado, a fazer uma lista das participaçãoes na feira para divulgarmos dentro do grupo, topas?beijos

Anônimo disse...

Era eu mesma, Vera Cardoni. bj

My ra disse...

Prezado sr. pirotécnico daria, por gentileza para direcionar o foco da iluminação para quem vos escreve???? Tô precisando de LUZ!!!! Huahuaua
Abraços pela sua alegria