5 de ago de 2007

O dia dos pais está chegando!





Escolher presentes sempre foi difícil para mim .
O pessoal diz que tenho um talento nato em fazer as piores escolhas.
A gente faz o que pode. O conto a seguir bem poderia ser o presente deste ano...




PRESENTE DE GREGO


Márcio Ezequiel

- Não! Nem lenço, nem meias. Isto o Luís já disse que é coisa de velho.
- Que tal um saca-rolha?
- Capaz! Já temos dois no uso, fora aquele na parede, no garfinho de madeira.
- Não, Bê. Não desse tipo... Quero dizer aquele dos bracinhos. Igual o da vó, que “alguém” brincava fazendo polichinelos e namorando a Barbie, lembra? Deve ter até no 2,99.
- Porcaria não! Este ano que estamos trabalhando vamos dar um presente legal!

[Silêncio]


- Podemos baixar aquele show do Elvis que ele tanto gosta e gravar num DVD. Que tal?
- Não, não. Isto já fizemos em 2003.
- Ah, mas foi só o áudio e em CD.

[Olhar parado]

- Raquete?
- Quê?
- Raquete é jovial. De paddle. Coisa fina!
- Aha... Vai pagar o clube também?
- Putz, é mesmo.
- 52 não chega a ser velho, mas também não é gurizão, né?
- Pior. Por que deu pra ele aquela bolinha de tênis então?
- Tu sabe que encontrei a bolinha na rua.
- Tudo bem... Esperamos então ele esbarrar numa raquete, enredar-se numa rede e aí adeus ao número um do ranking mundial.
- Eu era criança... Por favor, Berenice, dá um tempo! Ele até perdeu aquela bolinha. Tu sabe que ele gosta é de futebol.

[Tic-tac, tic-tac, tic-tac]

- Ah!
- O quê?
- Nada. Deixa.
- Agora fala. Já falou tanta bobagem mesmo.
- Aquele radinho de pilha tá um caco, quem sabe se...
- Nem pensar! Ali é amor antigo. Ele diz que aquela fita isolante cobre as derrotas e segura as vitórias.
- Putz! O que segura são as pilhas. Hehehe!


[Blim-blom]


- Mãe ajuda aqui. O que podemos dar pro pai esse ano?
- Ué, um parzinho de meias tá ótimo.
- Dãããããã...


[18 horas e 31 minutos depois, no café da manhã do Dia dos Pais]
- Adorei o saca-rolhas, filhos.
- Lindão, né pai. E olha que custou só...
-Quieto!

Nenhum comentário: